Activision-Blizzard oficialmente no Brasil

agosto 10, 2009 às 5:11 pm | Publicado em Epic, Games, News | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , , ,


Recentemente, em São Paulo, o executivo John Dillulo, diretor da Activision Blizzard para a América Latina, anunciou a vinda oficial da distribuidora para o Brasil.

A notícia não foi muito destaque por aí, porém um amigo me mandou o link por msn da capa da EGW, daí aparece lá embaixo, escondidinha, a chamada pra matéria (clique pra ver maior).

Como foi um primeiro contato, ele não entrou em detalhes se a companhia vai montar um escritório local ou lançar “World of WarCraft”. Porém, Dillulo enfatizou que é a primeira de muitas visitas dele ao país e que a Activision veio para ficar. Mesmo assim, ainda não está claro quais serão os benefícios para os consumidores brasileiros.

Há um tempo tinha visto no site da Blizzard, a vaga aberta “Regional Manager – Latin America and Brazil“. Era uma pista.

Fonte: WoWGirl (Lembrando que GIRL = Guy In Real Life)

Ae galere, imaginem só um servidor cheio de jogadores falando “Gibe moni plz” “HAUHAUHAUHAUHA” “br?”

Vai ser divertido rs

Anúncios

Japoneses criam holograma tocável

agosto 8, 2009 às 3:10 pm | Publicado em Epic, News, Notícias | 3 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Japoneses criam holograma tocável

Cientistas japoneses (só podia ser) criaram uma maneira das imagens holográficas serem sentidas na palma da mão (ui).

Os pesquisadores da terra do Sol nascente uniram a tecnologia do Nintendo Wii a um sistema de ultrassom que imita a sensação de toque real para imagens que flutuam no ar.

O projeto foi apresentando na 36ª Siggraph, conferência internacional de computação gráfica e técnicas interativas, em Nova Orleans, Estados Unidos. Ele é liderado por Hiroyuki Shinoda, da Universidade de Tóquio.

Criar a sensação de gotas de chuva holográfica caindo na palma da mão começa com um display chamado “Holo”, que utiliza espelhos côncavos para projetar objetos que parecem flutuar a 30 cm da superfície. Já a sensação de toque em si vem do Airborne Ultrasound Tactile Display, que emite um ultrassom chamado pressão de radiação acústica. Quando o fluxo do ultrassom é interrompido, por exemplo, por uma mão abaixo da imagem, o display cria um campo de pressão sobre o objeto que causou a interferência.

Já a manipulação dos hologramas é feita graças ao Wiimote, da Nintendo. Com sua câmera infravermelha, ele localiza a posição exata da mão do usuário, em um sistema de mapeamento em 3D. Isso só é possível porque um marcador fica preso no dedo médio de quem quer brincar de empurrar as imagem para cima e para baixo.

A versão apresentada na Siggraph possui 324 transdutores de ultrassom, operando na freqüência de ressonância de 40kHz. O protótipo produz vibração de 1 kHz

.

Fonte: Times New Roman rs (aqui)

Só digo uma coisa: Ka-me-ha-me-haaaaaa

Imaginem jogar Mário numa coisa dessas, ou World of Warcraft 😀


Entries e comentários feeds.